Assuntos de Goiás TV

Arquivo do blog

quarta-feira, 5 de março de 2014

Eduardo Cunha líder do PMDB fala em rompimento "definitivo" com o PT e critica Rui Falcão

Parceria vem mostrando desgaste nos estados, PMDB e PT podem
deixar de caminhar juntos. Reeleição de Dilma corre riscos reais     
O deputado Eduardo Cunha (RJ), líder do PMDB na Câmara, defendeu  nesta terça-feira o rompimento da aliança nacional do partido com o PT. Com críticas ao presidente do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão, Cunha disse que o PMDB "não é respeitado pelo PT". "A cada dia que passa me convenço mais que temos de repensar esta aliança, porque não somos respeitados pelo PT", disse em seu perfil no Twitter.

Mais tarde em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Cunha reiterou as críticas e a defesa do fim da aliança. "Não preciso xingá-lo como fizeram outras lideranças do PMDB porque não sou igual a ele. Mas por onde passa o Rui Falcão, mais difícil fica a aliança", afirmou.

O descontentamento de Cunha ocorre após supostas declarações do presidente do PT que, durante sua passagem pelo Sambódromo no último domingo, teria afirmado que o grupo liderado pelo deputado peemedebista está "insatisfeito" porque não foi contemplado na reforma ministerial da presidente Dilma Rousseff.

"A bancada do PMDB na Câmara já decidiu que não indicará qualquer nome para substituir ministros. Pode ficar tudo para o Rui Falcão", falou.

"Não me compare com o que o partido dele fazia no RJ, doido atrás de boquinhas", completou o peemedebista. Segundo o jornal, Rui Falcão não foi encontrado para comentar as declarações de Cunha.
Leia mais: Líder do PMDB fala em rompimento com o PT e critica Falcão - Terra Brasil

Seguidores

Pesquisar este blog