Assuntos de Goiás TV

Arquivo do blog

domingo, 5 de janeiro de 2014

Planejamento para vencer a eleição? O sucesso nas urnas depende de Neymar e Felipão literalmente

Reinaldo Cruz - @Reinaldo_Cruz - 
Com ou sem teorias da conspiração, é bom saber que até as pedras dos locais mais inóspitos deste país sabem que a Copa será uma vitrine para a bagunça de indignados e oportunistas. 
     É "chover no molhado" pois a diferença entre o que ocorreu em Junho/2013 e poderá vir a ocorrer em 2014 é que a falta de pauta nas manifestações anteriores, serão bem melhor elaboradas para este ano, justamente por que tem uma eleição logo ali.
     A direita, se é que isso existe no Brasil, vai usar qualquer pavio para detonar a bomba popular, que já esta armada não é de hoje. É importante que os políticos, seja de que partido for, não deem motivos para que a população vá passear nas ruas. 
     Em 2013 as manifestações começaram por causa de R$ 0,20 e descambaram por todas as pautas necessárias ou não neste país. Até uma inesperada eliminação da Seleção de Neymar antes da final do Mundial pode ser combustível para os protestos ganharem as ruas, já que a população seria facilmente incitada contra o padrão FIFA  e seus estádios bilionários. 
     Imagina a tabela do Brasil no Mundial, classificando em primeiro lugar, pode pegar na fase seguinte a Espanha ou Holanda. Não é um absurdo imaginar que o time de Felipão possa ser eliminado precocemente de sua própria Copa do Muindo, certo? 
     FIFA, Governo, Patrocinadores, Organizadores, a Globo e claro os políticos que pleiteiam cargos nas eleições deste ano temem um desfecho como este, estão preocupados, já que um desastre da Seleção brasileira pode reacender a chama do estopim de cidadania, que esta ai esperando um motivo qualquer para inflamar e ganhar as ruas.  
     Não vejo como vantajoso para a oposição de Dilma incitar a população contra isso ou aquilo, já que um dos alvos principais das manifestações pode ser justamente a classe politica e com as manifestações em curso, nem direita e nem esquerda lucrariam com o fato e até é possível imaginar que todos encontrariam dificuldades para passar ao povo a sua mensagem visando a eleição. Rabo preso ou uma manchinha sequer no curriculum de um politico, independente do partido, pode significar derrota certa em Outubro e por isso não seria de interesse de nenhum político incitar o povo a reivindicar qualquer que seja a pauta.  
     Os patrocinadores não tem, pelo menos não é do meu conhecimento, estratégias de marketing visando a Copa, como viagens, estadias e visita a concentração como em outros eventos desta natureza. Apenas ingressos estão na ordem do dia, isso demonstra a preocupação e pouca fé que todos levam no sucesso da Copa FIFA 2014.

Seguidores

Pesquisar este blog