Assuntos de Goiás TV

Arquivo do blog

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

João Paulo Cunha vai preso mas não se rende ao STF: não renuncia e permanece deputado

O deputado João Paulo Cunha (PT-SP)
João Paulo Cunha é mais um dos mensaleiros presos por ordem de Joaquim Barbosa
Ex-presidente da Câmara e campeão de votos em São Paulo, seu Estado de origem, o deputado João Paulo Cunha entregou-se, nesta terça-feira, à Polícia Federal, para iniciar o cumprimento da pena a que foi condenado no Supremo Tribunal Federal (STF), na Ação Penal (AP) 470, em um julgamento polêmico, conhecido como ‘mensalão’. Cunha deverá ser conduzido, nas próximas horas, ao Presídio da Papuda, no Distrito Federal, onde já estão encarcerados o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu e o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares. 

Ao contrário de José Genoino, outro parlamentar petista de São Paulo condenado de acordo com o relatório do ministro Joaquim Barbosa, presidente do STF, João Paulo Cunha afirmou que não irá renunciar ao mandato. Ele avisou que permanecerá no caso e usará o julgamento da questão, no Plenário da Câmara, como foro de sua defesa contra o que considera “um julgamento injusto”.
Leia mais: Cunha vai preso mas não se rende ao STF: permanece deputado - CdB | Jornal Correio do Brasil

Seguidores

Pesquisar este blog